Blog - Livro

1. As 72 estações

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Sam Miller, com sua câmera fotográfica no pescoço, estava sentado a beira da janela de seu quarto e refletia sobre a vida.

 Ele aproveitava a bela noite com céu limpo para fotografar as estrelas, a lua e talvez algo mais distante que o poderoso zoom era capaz de alcançar. A véspera de uma data tão importante, o aniversário de 18 anos, não o deixava empolgado como deveria ser. A sensação de frio na barriga, a cada minuto, se tornava mais intensa. Afinal durante 72 estações seu pai, o embaixador John Miller, planejou a grande festa de aniversário e despedida para Sam.

A despedida era uma tradição da família Miller, na qual todos os filhos homens ao completarem 18 anos deveriam servir ao exército americano.

 

Seu irmão mais velho Kenedy, estava voltando pra casa após cumprir a tradição e isso era outra coisa que deixava Sam preocupado pois nunca entendeu porque o irmão implicava tanto com ele desde pequenos.

O sonho de ser astronauta não podia nem ser mencionado para o pai, aliás era a última coisa que seu pai queria. Sam se sentia rebelde por querer justamente aquilo que lhe foi proibido e não compreendia o por que de seu sonho incomodar tanto o pai.

O telefone toca, ele retira do bolso, uma chamada de Julia sua namorada.

 

Sam - Alô?

Julia - Oi meu amor, feliz aniversário, estou com saudades, que pena não estar aí com você agora!

Sam - Nossa, já é meia noite? Eu estava aqui olhando pela janela e nem vi o tempo passar.

Julia - Tenho uma boa notícia pra te dar, semana que vem estou de volta.

Sam - Que bom meu amor, também estou com saudade, sinto sua falta, preciso conversar.

Julia - Vou deixar você descansar, logo a gente comemora juntos e mata a saudade. Beijos!

Sam - Vamos sim! Beijos.

 

A ligação o deixou feliz mas não podia explicar tudo o que estava acontecendo. Se sentiu importante e até amado.

Apesar de utilizar "meu amor" como nome carinhoso um para o outro, eles ainda não mencionavam as 3 palavras pois a pouco tempo estavam juntos e se encontraram algumas poucas vezes pessoalmente.

As 3 palavras "eu te amo" era o próximo passo na relação que estava sendo construída, não lhe faltava vontade de dizer porém ele não queria magoar a pessoa que mais lhe fazia bem no momento.

 

Como contar a eminente separação devido a tradição dos Miller, não existe uma maneira de ser um soldado e manter uma relação a distância de tão curto tempo.

Pesquisar

Capítulos

Sobre o livro

Este livro é o primeiro da trilogia que narra a história de Sam Miller, leia e descubra onde fica a casa do deserto vermelho.

Capítulos

Nossos Parceiros

Links

Pesquisar